7 Dicas incríveis para a redução dos custos operacionais em TI

A redução de custos operacionais em Tecnologia da Informação (TI) é uma missão que toda empresa precisa cumprir.

E você, já cumpriu com a sua missão de efetuar a redução dos custos operacionais em TI hoje? Segundo uma estimativa da Gartner, uma das maiores consultorias de inovação do mundo, os investimentos em tecnologia da informação devem chegar aos 3,7 trilhões de dólares em 2018.

Como já sabemos, o mercado corporativo obviamente precisa de inúmeras soluções tecnológicas. E em tempos de crise, todo esse dinheiro em TI só certifica a importância da escolha estratégica dos recursos tecnológicos. Mas cortar custos nem sempre é fácil, e o curioso é que, muitas vezes, para fazer isso, é necessário primeiramente fazer um investimento estratégico.

Neste contexto, avaliar os sistemas que já são utilizados é o primeiro passo. Mapear os custos operacionais, reconhecer como é a infraestrutura de dados e quais são as opções de mudança, por exemplo, pode ser uma peça chave para um diferencial no seu negócio.

De qualquer forma, o bom andamento dos negócios depende da escolha acertada de tecnologias e a redução de custos para a implantação de TI  é uma boa prática de inovação e otimização de processos.

Dicas para a redução de custos operacionais com TI

#1 Avalie os sistemas utilizados

Faça um estudo sobre as suas práticas atuais. De acordo com o jornal  Valor Econômico, a inteligência artificial sozinha irá gerar quase três trilhões de dólares em novas oportunidades de criação de valor para as empresas até 2021. E, mais do que isso, vai recuperar seis bilhões de horas de produtividade perdidas com atividades repetitivas e mecânicas.

Essas estimativas são, é claro, apenas estimativas. Porém, algo que fica nítido é a necessidade de revisão constante das práticas internas relacionadas a todas as tecnologias.

Algumas perguntas que podem ser respondidas criteriosamente são:

  1. Como é a sua infraestrutura de dados?
  2. Seus dados moram na nuvem? Ou numa base de dados fixa? Estão locados em alguma base externa? Você sabe como foi feita a escolha?
  3. Quais são os custos com telefonia?
  4. Há algum gargalo impedindo que sua empresa ganhe tudo o que poderia?

Reveja suas licenças, vasculhe sobre o uso de cada item e se há algo subutilizado, que possa ser substituído por um software livre. Se necessário, procure uma visão externa e imparcial para fazer essa avaliação.

Veja neste conteúdo 4 maneiras de melhorar sua telefonia corporativa!

# 2 Escolha os servidores ideais

Seja um e-commerce, uma indústria ou um canal de TV, cada empresa precisa identificar quais são suas necessidades exatas em termos de servidores.

E se antigamente cada empresa tinha um servidor para chamar de seu, hoje isso já é passado e tudo pode ser virtualizado. Você pode locar servidores.

E ainda mais, com um serviço muito mais eficiente. Os custos com manutenção são mais baixos e ainda é possível otimizar os espaços físicos da empresa.

Confira nosso serviço de colocation e hospedagem de servidores!

#3 – Adote um SaaS

Um SaaS (Software as a Service) é um serviço de software totalmente online. Isso extrai todo o trabalho de instalação, atualização e manutenção de softwares.

Uma empresa que ofereça o serviço de SaaS traz ao cliente integração simplificada e facilidade na adesão.

O dimensionamento contínuo dos requisitos é possibilitado para que se enquadre todo o serviço às demandas e necessidades da empresa em cada momento. Para isso, é necessário que sua empresa conte com os melhores serviços de acesso à internet.

#4 – Migre para a Nuvem

O tipo de experiência com “as a Service” não vale apenas para software, mas para Cloud Storage, também. É possível utilizar quanto espaço é necessário, pagando apenas por aquilo que vai sendo utilizado.

Para isso, é necessário contar com uma internet de alta qualidade e velocidade, que não inviabilize o acesso aos seus serviços.

Confira nosso serviço de link dedicado!

#5 – Automatize os processos

A automatização de processos em Tecnologia da Informação é sempre algo importante. As tarefas operacionais, se puderem ser reduzidas com um bom custo-benefício, devem ser minimizadas.

Qualquer investimento que não dê retorno deve ser repensado.

E será que esse não é precisamente o caso, quando estamos falando de dedicar e pagar um recurso humano a uma tarefa mecanizada e possível de ser realizada de forma automática?

Justamente por este motivo, muitas vezes terceirizar demandas libera seu time de esforços que não só são um meio para os objetivos finais da empresa. A redução dos custos operacionais, muitas vezes, passa pela automatização.

#6 – Tenha um plano de governança de TI

Mapear toda a sua TI pode não ser uma tarefa fácil. E não apenas porque é preciso demonstrar todas as diretrizes aplicadas internamente, mas também porque é preciso mapear os relacionamentos externos que fazem parte da cadeia tecnológica.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas determina, através da norma ISO/IEC 38500, uma estrutura de princípios de governança corporativa de TI.

Aplicar corretamente esta norma pode fornecer insights para o planejamento das ações da organização, estruturando melhor o trabalho.

#7 – Aumente a eficiência energética

Os serviços de Hosting fornecem o aluguel de um servidor de acordo com as necessidades do cliente. É ele que definirá a capacidade de processamento, memória, armazenamento, sistema operacional, banco de dados e aplicativos necessários.

Este é um exemplo de serviço que precisa ser pensado de acordo com toda a cadeia de custos gerada pela execução das mesmas tarefas na empresa. Com o maquinário funcionando in house, sobem os custos com refrigeração, iluminação e manutenção do espaço.

Aumentar a eficiência energética pode significar também monitorar o uso e desligamento de aparelhos, e tudo o que pode ser otimizado de forma a reduzir perdas energéticas e danos ambientais.

Conclusão

Bem, você já sabe que a redução de custos operacionais pode acabar envolvendo um investimento inicial. O importante é fazer um mapeamento preciso do quanto será economizado após o pagamento dos custos iniciais.

Por isso, avalie não apenas a curto prazo a redução dos custos operacionais da sua TI, mas também – e principalmente – a médio e longo prazo.

Até a próxima!

simulador de economia em telefonia corporativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *